sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Ao meu eterno amor!


Fonte da imagem: Google


Aleluia, ale, ale, aleluia!


Aos teus olhos o amor perfeito;
aos meus olhos o nosso jeito! 
cala o nosso peito;

 Fazemos amor!

A paz na imensidão dos dias,
cravadas as injustiças das vidas  vazias!
Nosso amor clareia para sempre os dias.

E corre a injustiça dos homens!

Vejo lhe sereno;
uma paz eterna, o mundo tão pequeno;
Teus olhos, meus olhos

Nosso peito sempre ardendo!

Teus cuidados; tantos mimos;
seus, meus carinhos tão serenos;
grandiosas atitudes; 

e o amor não é pequeno! 

nos teus beijos;
momentos em que nós nos temos
Tão justo o teu ser, e nós nos merecemos.

 Rosto tão sereno,
Nosso amor jamais pequeno!
Teu corpo branca neve

O amor é sempre ameno.



Um grande abraço a todos!